Meditação muda expressão genética relacionada a inflamações e nível de açúcar no sangue

meditação provoca mudanças genéticas

Meditação pode provocar alterações moleculares ligadas ao nível de açúcar no sangue e controle das inflamações. Esses benefícios da prática meditativa foram comprovados em uma pesquisa de um grupo internacional de pesquisadores dos Estados Unidos – Universidade de Wisconsin, França – Lyon e Espanha – Universidade de Barcelona. Eles concluíram que há alterações significativas em meditantes, conforme publicado na revista científica Psychoneuroendocrinology em dezembro de 2013.

No estudo, um grupo que não meditava, que foi orientado a fazer atividades tranquilas, foi comparado com um de meditantes. Antes da meditação não havia diferenças entre eles, oito horas depois eram feitas medições, as quais indicaram alterações.

“Após a breve meditação, detectamos redução da expressão de genes histona deacetilase (HDAC 2, 3 e 9), alterações na modificação global de histonas (H4ac e H3K4me3) e diminuição da expressão de genes pró-inflamatórios (RIPK2 e COX2) em meditadores comparados aos do grupo de controle”, detalhou Davidson, um dos pesquisadores.  

Os genes RIPK2 e HDCA2 foram associados na pesquisa à rápida recuperação do cortisol, que é ligado a alergias, estresse, imunidade, estabilização emocional, criação de proteínas e estímulo do açúcar no sangue.

Capazes de mudar

A genética, tantas vezes responsabilizada pelas características e comportamentos nossos, tem um peso grande nas nossas vidas. No entanto, um estudo como esse mostra que podemos agir de forma que nossas vidas sejam melhores diante do nosso comportamento e atitudes.

Ao contrário do que muita gente diz sobre a genética, ela não é imutável.

“Nossos genes são bastante dinâmicos na sua expressão e esses resultados sugerem que a calma da nossa mente pode realmente ter uma influência potencial sobre a expressão deles”, diz Davidson.

Se você quer mudar por meio da meditação, nós oferecemos cursos presenciais, acompanhe nossa agenda.

Mais benefícios do Mindfulness comprovados pela ciência

Clique neste link para ver os artigos nos quais mostramos mais pesquisas científicas que demonstram os benefícios da meditação Mindfulness.

Fonte: Pesquisa mostra que meditação interfere positivamente até nos genes

Deixe seu comentário, vamos adorar conversar com você