Meditar é bem mais que ficar na posição de lótus com os olhos fechados

Meditar é bem mais que ficar na posição de lótus com os olhos fechados

Uma pessoa sentada, na posição de lótus com os olhos fechados e sem pensar em nada, de preferência em um local onde a calma seja soberana. É esta a imagem que muitos têm sobre meditação. No entanto, há diversas formas de praticá-la, inclusive enquanto você caminha, lava louça, toma banho ou está preso em um engarrafamento. Meditação não tem um fim em si mesma. Ela é um caminho para nos levar ao estado desperto da mente.

Vale ressaltar ainda que a Atenção Plena (Mindfulness) vai além da prática de exercícios meditativos, ela tem a ver com a sua postura diante de todas as atividades, em ser presente e focado, também é um estado psicológico. Assim, Atenção Plena é a  conexão com a realidade do momento. As práticas de meditação simples e sem regras são uma das formas de alcançá-la, de viver mais ancorado no aqui e agora, recursos que você pode buscar quando perde o controle, se sente ansioso, desconcentrado ou irritado, por exemplo. Ao mesmo tempo, com a frequência das práticas, essas reações normalmente tornam-se menos comuns e você consegue ser sua própria fonte de bem-estar, sem depender de variáveis externas.

E a Atenção Plena só faz sentido se também puder ser praticada em qualquer local, já que o foco é estar desperto no AQUI e AGORA. Em uma reflexão rápida, fica fácil notar que de nada adianta ir até o Tibet meditar se quando o viajante regressar a tranquilidade não estiver desenvolvida dentro dele. No Tibet ou no Caminho de Santiago de Compostela, para citar dois lugares comumente listados, as pessoas estão longe das pressões que enfrentam no dia a dia, que é quando é mais difícil e preciso manter a calma.

Estes locais são muitos válidos para quem busca um clímax e uma grande recarga de energia de uma só vez. A sabedoria está em manter esse estado de calma e vigor. E, para quem não pode ir tão longe, há maneiras de alcançar este estado aqui mesmo, integrando as práticas que levam à atenção plena na sua rotina.

É claro que viagens em busca de si mesmo em locais cercados pela natureza são muito re-energizantes, mas é necessário ter em mente que se você só conseguir ficar melhor consigo mesmo e os outros longe de casa ou do trabalho, raramente viverá sua presença.

Se você quer aprender a encontrar o caminho do bem-estar, autocontrole dentro de você mesmo, é possível. A prática leva ao hábito que leva a uma vida menos estressante e feliz.

Para começar, oferecemos nosso áudio com meditação guiada – baixe aqui. http://meditandonodiaadia.com/meditacao-guiada/

Veja nossa agenda de cursos presenciais também. http://meditandonodiaadia.com/agenda-de-eventos/

 

Deixe seu comentário, vamos adorar conversar com você