É possível praticar o Mindfulness brincando?

Algumas pessoas, em especial crianças, podem ter mais dificuldade de praticar  Mindfulness com a calma e tranquilidade que se exige. Nesses casos, é interessante optar por estratégias que envolvam atividades lúdicas, e, literalmente, aprender Mindfulness brincando.

Recentemente, foram elaborados alguns métodos para crianças e adolescentes que não conseguem relaxar totalmente, mesmo que por poucos minutos. Dentre eles, estão baralhos e tabuleiros recheados de cores e desenhos. Mesmo que informal, essa forma mais divertida também pode ser aplicada em adultos.

A ideia é que com Mindfulness, as crianças fiquem mais serenas e consigam melhorar ainda mais o processo de aprendizagem e suas relações com outras crianças. A atenção plena também vem sendo utilizada nas escolas como ferramenta para desenvolver o autocontrole, tanto dos alunos quanto dos professores.

Mindfulness brincando:Quais os benefícios?

Os jogos têm como objetivo trabalhar algumas habilidades, como curiosidade e atenção plena. Mas existem outras que podem ajudar no crescimento. São elas:

  • Percepção: Como o praticante está envolvido no jogo, ele consegue consegue focar sua percepção em uma coisa ou objeto só. Ele fica apto ainda a perceber suas emoções e sons ao seu redor.
  • Julgamentos: O praticante consegue treinar suas percepções de valor do que é bom e ruim, até conseguir se despir dos julgamentos.
  • Imersão na experiência: O envolvimento com o jogo permite que não se pense muito no passado ou no futuro, e foque só naquele momento.
  • Pensamentos de Principiante: Observar as coisas como realmente são, sem bagagens anteriores. Tomar suas próprias crenças como verdade absoluta pode distorcer sua visão.

Todas as habilidades são princípios chave de Mindfulness, e são os objetivos a serem alcançados tanto com a prática informal, quanto com as brincadeiras.

Jogos de Mindfulness

Alguns jogos não precisam de tabuleiros e nem de peças. Às vezes lápis de cor e tesouras são necessários, mas a imaginação é a grande aliada aqui.

É o caso, por exemplo, de se usar a imaginação para se sentir em um ambiente como a praia. As crianças são convidadas a prestar atenção na sua própria respiração e encontrar seu próprio mar.

Outro exemplo interessante é utilizar os ursinhos que a criança já possui para ajudá-la a focar na respiração. A criança deve estar deitada e a pelúcia sobre sua barriga. O ideal é ir brincando com a maneira com que a pelúcia sobe e desce a cada respiração, com os movimentos do abdômen.

Assim, a criança se concentra mais em sua respiração do que nos ambientes externos. Ela se desliga de um determinado estado emocional, para depois trabalhar conscientemente a experiência.

Além do conhecimento do próprio corpo, os jogos podem auxiliar na experiência com alimentos. Por exemplo: tente simular que a criança é um astronauta e que está contando para os outros seres o gosto e a textura de uma fruta. 

Os jogos podem ser praticados com crianças a partir de 3 anos. Caso queira saber mais sobre o Mindfulness para crianças e em escolas, clique aqui.

 

Deixe seu comentário, vamos adorar conversar com você